ESTRELA DAS ÁGUAS BLOG DE LITERATURA INFANTIL

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Canto do Povo de Um Lugar



O que a humanidade significa para mim?
O que é a terra diante da grandeza do céu num horizonte e espaço infinitos?
Não posso e não quero contar e medir o tamanho que temos o tamanho que somos ou o tamanho da casa que nos abriga, talvez possa ser mesmo insignificante...
Sei que ocupamos, as gentes humanas, lugar inteiro no coração de Deus que nos quis, que com nossos pais nos gerou, que entregou-Se sobretudo pai, filho e espírito santo, tudo feito tudo por nós.
Não quero fincar bandeiras além do que posso e sou, mas sei que sou muito cara para o meu Senhor e pra outros humanos e animais, plantas e arquiteturas que comigo convivem ou que nunca me viram, mas por acaso leram minhas palavras, fruto do esforço da beleza e do trabalho lírico em mim, ou se comoveram com um simples sorriso meu ou num gesto para ninguém revelado, só para aquele, aberto como uma pequena, singela e colorida flor. Um gesto que me redime e me faz bela, que confunde o amor no próprio amor.
O homem é mais belo que a estrela da manhã e ainda assim eu quero a estrela da manhã.
O que significa a humanidade para mim? Uma estreiteza de estrutura sim, mas tão infinita em tudo quanto há, porque ama e pensa e é um, com Deus.

Nenhum comentário: