ESTRELA DAS ÁGUAS BLOG DE LITERATURA INFANTIL

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

FELICIDADE DUPLA FACE



Meu coração
Tem chaves e segredos
Públicos
Lastro de minha pele
As palavras de lágrima-
Aquarela
Eu poderia viver em liberdade
Sob os olhos cerrados de Deus
E experimentar uma felicidade doida
De um segundo ou uma segunda
Ou menos,
No entanto extravasada, extraviada
Atarantadamente feliz e fecunda
Eu de medo nem sonho
Porque me impede a
Felicidade perene
País
A bordados de incontável
Delicadeza e rudeza
De verdade
Mas,
Longínquo, um país distante
Para o qual não tenho barco
Só tenho pés
Em carne viva
A cada passo...
- Nívea Moraes Marques -

Nenhum comentário: