ESTRELA DAS ÁGUAS BLOG DE LITERATURA INFANTIL

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Noite Azul



Natalice

Nívea Moraes Marques



Simples a luz

o menino vai nascer

é preciso calar para ouvir

seu risinho de bebê



Ele olha para mim

com interesse de criatura



(não se sabe se sou eu

quem invento o que Ele sabe

sobre mim

ou se é Ele que constrói o que

eu sou)



Mas dentro da caixinha

no meu peito

e que move todos os meus atos

É Ele quem faz a música

É Ele quem sopra a letra

(que eu bordo com capricho)



Nem todas as minhas tarefas

poderiam me apartar desse encontro

flor da minha espera

promessa de toda

vida



Nasce agora uma vez mais

trinta e seis vezes na minha vida

(e sempre é uma demora – de anjos

decorada.

e sempre é uma novidade

que o faz Menininho feito todo e tudo

por nós

Deus-pão

lasca do céu

no céu da minha

boca.

Nenhum comentário: