ESTRELA DAS ÁGUAS BLOG DE LITERATURA INFANTIL

domingo, 13 de novembro de 2011

BITUCA

“como se fossem ao Êxodo”
Adélia Prado

Poucas horas depois de sábado. E sábado foi aniversário do meu pai. E fomos todos juntos ao show do Milton. E vimos a chama da voz do cantor apagar e acender. Meus pais conheceram um Milton bem jovem. Meus pais também foram já bem jovens. Nem eu sou mais bem jovem... No entanto minha natureza ainda sorri dentro do tempo, sem esperança, com esperança. Minha carne poderá até se multiplicar, no entanto minha alma já deu graças e se partiu em mil pedaços, desses que vocês podem ler, que vocês podem guardar, para que um dia, talvez, faça sentido (apagando e acendendo esse não sei quê, que pouco vale mesmo sendo raro, e que se chama arte.)

Beijo Milton, te amo! Você canta a minha vida como tantos e raros poetas, e é tão especial pra mim (porção da minha herança), fiquei feliz em te ver bem e principalmente porque você cantou, só pra mim, Encontros e Despedidas (será que ele lê meu blog?)

Nenhum comentário: