ESTRELA DAS ÁGUAS BLOG DE LITERATURA INFANTIL

sexta-feira, 1 de abril de 2011

GINGA-CAPOEIRA CRIANÇA

Safadeza
Nivea Moraes Marques


Sa- fa- de- za
tem tantas letras bonitas
pra quem quer
aprender esta lição

Moço diz
saber de tudo
quanto há,
de modo a não
dar margem
pra senão!

Moça finge não
ser dela o
mapa do
Sei lá, talvez..
Comigo não!

Mas safadeza que se preza
escreve com
letras de brilho
na face de quem
entremeia uma
esperteza no
olho que frita
e outra no peixe

Safadeza esconde
o rabo do gato
e ri com os bigodes
de fora

Safadeza, seu Neném
pensava ser coisa
da vovó

Vovó falava comigo:
Êta meninazinha safada, Sinhô!:
aprendeu bordado,
contar na matemática,
engrupir no inglês...

Vovó reza todas as noites
para a roda de mil anjos
Que guardem, safadíssimos,
meus passos de ginga-capoeira
criança.

Nenhum comentário: