ESTRELA DAS ÁGUAS BLOG DE LITERATURA INFANTIL

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

FELIZ NATAL


O mais bonito
Nivea Moraes Marques


“Hoje eu tive um sonho que foi o mais bonito
Que eu sonhei em toda a minha vida
Sonhei que todo mundo vivia preocupado
Tentando encontrar uma saída
Quando em minha porta alguém tocou
Sem que ela se abrisse ele entrou
E era algo tão divino, luz em forma de menino
Que uma canção me ensinou”

Roberto Carlos e Erasmo Carlos


Abre as carnes e as fibras que formam meu coração
Com mãozinhas pequenas
Mãos parteiras

E faz dali brotar água que jorra e cura
Me ensina a misericórdia
Me ensina um jeito de criança crescente

Toca tudo que tem chave
E abre sem saber o segredo
(não quer saber o segredo)

Informa um conteúdo novo
E quando acaba a faxina

Tenho um coração sagrado
Um coração trançado
Um coração de açucar e melado

Tenho um coração de Deus

E tudo é tão parecido com
Uma vida pequena
Uma vida imatura
Uma vida indefesa

E tudo é tão parecido com
Um dom que se aprende
Com um mar que se rende
Com um fio que tece
Tantos nomes

Dormir nunca é igual
Acordar nunca é diferente
Sonhar é sempre um bocado
De água de rio (doce e sal)

Sei que agora luto com o menino
Para não ser mais somente eu
Para ser mais de um
Para ser infinitamente só
O mais bonito enfeite:
Um dentinho em pingente de ouro
No peitinho do menininho que

Caminhando é caminho
Que iluminando é luz
Que cantando é toda a verdade
Que apenas à Palavra não cabe
Dizer.