ESTRELA DAS ÁGUAS BLOG DE LITERATURA INFANTIL

domingo, 3 de janeiro de 2010

FELIZ ANO NOVO!

Esse ano de 2010
(Nivea Moraes Marques)

"precisão doce de flor"
João Cabral de Melo Neto


A minha visão dessa janela é o trem que passa e apita para eu ensurdecer a cada instante um pouco, como de ferro vai deixando as minhas vistas.

Há prédios velhos com a pintura descascada, um conjunto de morrinhos modestos, e um céu muito poluído por nuvens brancas.

Não há passagem para um poeta.

Quando me pedem para parar de lapidar palavras frias e criar um mundo de idéias dentro de um romance, uma novela, um conto, ou uma carochinha... Não xingo essa flauta que nasceu comigo. Antes espero que a qualquer hora qualquer um possa ver essa rocha que cultivo, esses minerais, esses líquidos, essas pedras subterrâneas que às vezes me servem de abrigo.

Penso que não há mesmo passagem, porque não há bilhete a ser comprado, ou combustível que a possa levantar do chão, mas os seus pés são tão polidos que até dá pra ver uma parte da anágua, ou os dedos escondidos.

Pudesse eu encontrar-me mais vezes nesse solo e a luz de Deus num fiat realmente se faria e para todos a precisão da flor seria um doce degustado, mas são poucos, talvez não raros, mas são muito poucos os que pertencem a essa lida e são menos ainda os que se importam com ela.


Para cada nada de ninguém está para nascer um e como me alegra ainda poder com este comungar!

No entanto, meu beijo é para todas as faces e aparo com algumas palavras a luz desse ano que teima e recomeça:


Os dias são os mesmos... as horas... os meses...,
mas juntos ganham um único número na existência
e já não é mais esse ano de 2010
é uma nova oportunidade de saber de que cor é
essa rosa que não morre no meu peito.

Nenhum comentário: