ESTRELA DAS ÁGUAS BLOG DE LITERATURA INFANTIL

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

EDIÇÃO COMEMORATIVA

I ano de vida do blog Retratada



"O amor comeu minha paz e minha guerra. Meu dia e minha noite. Meu inverno e meu verão. Comeu meu silêncio, minha dor de cabeça, meu medo da morte."
João Cabral de Melo Neto


O que venho publicando neste blog (nesta gaveta aberta como quer meu amigo Fabrício) são poemas e escritos que na verdade fazem figuração sobre o mesmo tema: o amor... São cantigas de amigo ou cantigas de amor, mas mesmo quando são palavras dirigidas aos pequenos, recorro ao mesmo tema.
Mário Quintana já dizia que todos os poemas são de amor. E eu concordo com ele.
Por isso agradeço a todos os visitantes que aqui se detiveram um pouco, agradeço mais ainda aos que deixaram os seus comentários (retirando de cena aquela velha companheira do escritor que é a solidão). Espero sinceramente que retornem muitas vezes e se agradem do que possam ver e sentir por aqui.
Comemoro com vocês também a graça de estar completando 33 anos, no mesmo mês de aniversário do blog!
Agora termino esta edição de aniversário, como não podia deixar de ser, com um poema de amor.
Abraços em todos, Nivea.

AMOR COTIDIANO
Nivea Moraes Marques


Quando toca de leve o meu rosto
e sei que o cansaço já não pode mais nada
deito minha cabeça no seu colo
e caem, discretas, duas lágrimas dos meus olhos

(Uma em cada lado da face)
Não deixo você perceber
que já me é impossível
ser mais feliz do que sou

Então seguro-me em tuas mãos
e torço para que a gravidade
ou os ventos (que são muitos)
nos empurrem a uma intimidade
cada dia mais visível

Para que não sejamos mais tão
alicerçados nesse sentimento
tão indeciso como é a felicidade

Seguro-me em tuas mãos
para estar certa de que existimos
e estamos tão fisicamente juntos
pro que der e vier.

Nenhum comentário: