ESTRELA DAS ÁGUAS BLOG DE LITERATURA INFANTIL

terça-feira, 30 de outubro de 2007

CARPINTARIA DE CARNE

Geratriz
Nivea Moraes Marques

Carpintaria de carne
nenhuma curva
se vê
há um discreto gosto de sangue
e o mistério da forma.

Inauguro novos métodos,
mas como é escasso o verão...!
O pássaro que plasmo em meu ventre
não é feito de prata
nem é revestido de plumas

Como um anzol,
fisga-me:
sou a isca
desconheço a amplidão.

Nenhum comentário: